Os sete mandamentos da desinformação russa herdados do KGB

The New York Times publicou um ciclo de documentários Operation InfeKtion sobre os métodos de criação e distribuição de desinformação que a Rússia usa desde a Guerra Fria até os dias de hoje. As clássicas “medidas ativas” criadas pelo KGB.

***

The New York Times published a cycle of documentaries Operation InfeKtion on the methods of creating and distributing misinformation that Russia uses since the Cold War to nova days. The classic “active measures” created by KGB. 

1º mandamento

Encontre as “racha” na sociedade-alvo: contradições sociais que podem ser usadas e em que você pode colocar uma cunha para aprofundá-las. 

2º mandamento

Crie uma mentira gigante e brutal – tão impressionante, para que ninguém possa acreditar que isso poderia ser inventado. 

3º mandamento

Enrole essa mentira em torno de um núcleo com a parte verdadeira. 

4º mandamento

Esconda as mãos: para que parece que a fonte da mensagem é uma outra pessoa. 

5º mandamento

Encontre um idiota útil. 

(Os idiotas úteis são tidos todos aqueles que recebem as narrativas do Kremlin de uma forma acrítica e as divulgam entre o público-alvo – a população de um outro país que eles querem atingir). 

6º mandamento

Neguem tudo. 

7º mandamento

O mais importante. O jogo é ao longo prazo. 

Esses sete mandamentos simples eram uma arma poderosa do KGB soviético, e hoje eles são novamente usados. 

The Seven Commandments of Fake News | NYT Opinion: https://www.nytimes.com/2018/11/12/opinion/russia-meddling-disinformation-fake-news-elections.html

Comments

Popular posts from this blog

Vladimir Putin se prepara para a guerra?

Ucrânia: o país que eles detestam, temem e cobiçam

Militares ucranianos estão se preparando para a (nova) invasão da Rússia